fevereiro 02, 2011

LUGAR DE LIXO É NO LIXO (Texto de Teatro)

LUGAR DE LIXO É NO LIXO
De: Marcondys França

Personagens:
LIXEIRA PÁSTICO: (VERMELHO)
LIXEIRA VIDRO: (VERDE)
LIXEIRA PAPEL: (AZUL)
LIXEIRA METAL: (AMARELO)
LIXEIRA ORGANICO: (LARANJA)
RATO

Peça em um ato.
(Entra o rato dançando quando é despertado por uma voz)
LIXEIRA PÁSTICO: - Quem é vivo sempre aparece!
LIXEIRA VIDRO: - Estávamos com saudades de você senhor rato.
LIXEIRA PAPEL: - É um imenso prazer revê-lo.
LIXEIRA METAL: - Por onde andava?
LIXEIRA ORGANICO: - Até parece que esqueceu os amigos.
RATO: - Não é isso. Estava por aí. Sabe como é... Com tantos lixos pela cidade fica difícil escolher onde ficar.
LIXEIRA PÁSTICO: - Sentimos sua falta.
RATO: - Bom saber.
LIXEIRA VIDRO: - Você é o único que nos respeita. Sabe exatamente onde encontrar cada coisa.
RATO: - tenho um bom faro.
LIXEIRA PAPEL: - As pessoas ainda não aprenderam a respeitar o meio ambiente. Jogam o lixo em qualquer lugar e isso provoca muitos problemas.
RATO: - Ainda dizem que os animais é que são irracionais.
LIXEIRA METAL: - Pois é. Não respeitam seu próprio habitar.
LIXEIRA ORGANICO: - Não aprenderam ainda o que é a coleta seletiva.
RATO: - Coleta seletiva?
LIXEIRA PÁSTICO: - É que há vários tipos de lixo: entre eles os recicláveis e os não recicláveis.
LIXEIRA VIDRO: - Pra isso é preciso separar o lixo.
LIXEIRA PAPEL: - Se não separar, mistura tudo e aquele que poderia ser reciclado será inutilizado.
LIXEIRA METAL: - As pessoas precisam deixar de jogar o lixo por todo lugar.
LIXEIRA ORGANICO: - É preciso aprender que lugar de lixo é no lixo!
RATO: - Pois é... Quando jogam o lixo nas ruas, esses lixos vão parar nas bocas de lobo e causam as constantes enchentes.
LIXEIRA PÁSTICO: - Pior que isso é saber que tem gente que joga até colchão e sofá velho nos córregos. Ai meu amigo a coisa fica feia, pois quando vem a enxurrada chegam a perda de seus bens. e até há caso de morte podem morrer em decorrência de
LIXEIRA VIDRO: - E até há casos de mortes causadas pelas enchentes que trazem para a população muitas doenças.
RATO: - E isso poderia ser evitado!
LIXEIRA PAPEL: - Através da reeducação. O lixo tem a sua classificação e é identificado quando é praticada a coleta seletiva.
RATO: - E como é feita essa coleta?
LIXEIRA METAL: - Separando o lixo. O primeiro passo é separar o lixo seco do lixo molhado.
RATO: - como assim?
LIXEIRA ORGANICO: - É considerado lixo molhado o lixo orgânico que são os restos de comida, vegetais e frutas que serve pra fazer adubo e que duram até 500 anos.
LIXEIRA PÁSTICO: - Já o lixo seco são aqueles que podemos reciclar, retornam para a população como novos objetos.
LIXEIRA VIDRO: - É muito fácil reconhecer os recicláveis são: papel, papelão, garrafa pet, vidro, plástico, lata de refrigerante, embalagem de xampu, são tantos...
RATO: - Então é só colocar tudo isso num saco de lixo e pronto!
LIXEIRA PAPEL: - Muita calma nesta hora! Como dar pra perceber, nós existimos. Estamos bem aqui! A espera dos recicláveis.
LIXEIRA ORGANICO: - Por isso estamos divididos por cores e com esse símbolo que significa reciclável.
LIXEIRA METAL: - E cada cor representa um tipo de reciclável.
RATO: - Agora confundiu tudo!
LIXEIRA PAPEL: - Calma! Eu a lixeira azul, sou própria para receber o papel, ou seja, podem colocar aqui: envelopes, revistas, papelão, as várias embalagens feitas a partir do papel assim como as caixas de longa vida. A reciclagem do papel considerada a mais limpa, pois não polui o ar, os rios e sem contar que milhares de arvores deixarão de ser cortadas.
RATO: - Então pode colocar ai o papel higiênico?
LIXEIRA PAPEL: - Não, Pelo amor de Deus! Se fizerem isso vão contaminar tudo aquilo que daria para reciclar.
LIXEIRA ORGANICO: - O papel higiênico não dar pra ser reciclado. Também há outros materiais que não podem ser colocados em nenhum de nós.
RATO: - E quais são estes?
LIXEIRA METAL: - São as lâmpadas florescentes, as pilhas, espelhos, cristal e a baterias de celulares.
LIXEIRA PÁSTICO: - Já em mim as pessoas podem depositar o plástico e seus derivados tais como: copos descartáveis, sacolas de supermercados, garrafas pet, embalagens de xampu, desodorantes, cremes, iogurte, margarinas e muitos outros.
LIXEIRA VIDRO: - Eu recebo o vidro. Aqui você pode depositar garrafas, copos, pratos e principalmente cacos de vidro estes serão transformados em novos objetos. Um bom exemplo e a transformação de cacos de vidros em espelhos.
LIXEIRA METAL: - Já em mim, pode depositar tudo que é de metal, ou seja: as latinhas de cerveja, refrigerante e sucos, o cobre, o aço, o parafuso, o zinco, o casco de geladeira entre outras coisas.
LIXEIRA ORGANICO: - Agora é minha vez!
TODOS: - Hum!
LIXEIRA ORGANICO: - Que foi?
TODOS: - É que você é fedido!
LIXEIRA ORGANICO: - Quem de nós não fede que atire o primeiro lixo!
RATO: - Pelo que vejo cada um de vocês tem a sua importância.
LIXEIRA ORGANICO: - É isso mesmo. Já em mim poderá ser depositado os restos de comida. Se todos fizerem assim estarão contribuindo e muito com a preservação da natureza, pois o lixo meu amigo, é uma grande preocupação mundial.
RATO: - A coisa é mesmo séria.
LIXEIRA ORGANICO: - Se é!
RATO: - Mas será que as pessoas vão aprender?
LIXEIRA PAPEL: - Não é só aprender. Tem que praticar. A reciclagem é um ato de cidadania.
RATO: - Espera ai... Então essa coisa de reciclagem deve dar dinheiro.
LIXEIRA VIDRO: - Muitas pessoas, principalmente desempregadas sobrevivem de catarem os materiais recicláveis. Elas catam, separam e depois vendem.
LIXEIRA PÁSTICO: - Se cada um fizer a sua parte teremos um mundo melhor e evitaremos muitas doenças.
RATO: - Meus amigos... Hoje aprendi muito.
LIXEIRA METAL: - Então vamos vê se realmente você aprendeu. Tá vendo aquele saco ali?
RATO: - Tô.
LIXEIRA ORGANICO: - É tudo material reciclado. Que tal separar.
RATO: - Xiiiii! Sei não...
LIXEIRA PAPEL: - Pode pedir ajuda da platéia. Tenho certeza que todos aprenderam e vão te ajudar.
RATO: - Vocês me ajudam? (Espera resposta) Então vamos lá.
(Pega o lixo e com a ajuda da platéia deposita nas lixeiras)
RATO: - Muito bem! Isso que é consciência. Então não esqueçam reciclar é preciso.
LIXEIRA VIDRO: - Passe essa idéia adiante.
LIXEIRA METAL: - Seja amigo do planeta.
LIXEIRA PAPEL: - Pratique a coleta seletiva.
LIXEIRA PÁSTICO: - Para mudar o mundo temos que começar com as mudanças de nossos hábitos.
TODOS: - Lugar de lixo é no lixo!

F I M

Marcondys França
22/10/2009.

14 comentários:

  1. lugar de lixo e na lixeira

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Irei utilizar na minha escola.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. valeu pela a ideia...!!!!!!!!

      Excluir
  3. Olá Marcondys!

    Adorei o seu blog. Parabéns!!!

    Tudo de bom!

    :D

    Roseli

    ResponderExcluir
  4. Legal! Posso utilizar para um trabalho da escola? Aguardo retorno. Obrigada :)

    ResponderExcluir
  5. adoro essa peça, um must da educação ambiental!

    ResponderExcluir
  6. Adorei a peça. Posso usá-la?

    ResponderExcluir
  7. Adorei a peça. Posso usá-la?

    ResponderExcluir
  8. Irei usala para um trabalho de escola! Vlw Mardondys!

    ResponderExcluir

Obrigado! Sua opinião é muito importante.

fevereiro 02, 2011

LUGAR DE LIXO É NO LIXO (Texto de Teatro)

LUGAR DE LIXO É NO LIXO
De: Marcondys França

Personagens:
LIXEIRA PÁSTICO: (VERMELHO)
LIXEIRA VIDRO: (VERDE)
LIXEIRA PAPEL: (AZUL)
LIXEIRA METAL: (AMARELO)
LIXEIRA ORGANICO: (LARANJA)
RATO

Peça em um ato.
(Entra o rato dançando quando é despertado por uma voz)
LIXEIRA PÁSTICO: - Quem é vivo sempre aparece!
LIXEIRA VIDRO: - Estávamos com saudades de você senhor rato.
LIXEIRA PAPEL: - É um imenso prazer revê-lo.
LIXEIRA METAL: - Por onde andava?
LIXEIRA ORGANICO: - Até parece que esqueceu os amigos.
RATO: - Não é isso. Estava por aí. Sabe como é... Com tantos lixos pela cidade fica difícil escolher onde ficar.
LIXEIRA PÁSTICO: - Sentimos sua falta.
RATO: - Bom saber.
LIXEIRA VIDRO: - Você é o único que nos respeita. Sabe exatamente onde encontrar cada coisa.
RATO: - tenho um bom faro.
LIXEIRA PAPEL: - As pessoas ainda não aprenderam a respeitar o meio ambiente. Jogam o lixo em qualquer lugar e isso provoca muitos problemas.
RATO: - Ainda dizem que os animais é que são irracionais.
LIXEIRA METAL: - Pois é. Não respeitam seu próprio habitar.
LIXEIRA ORGANICO: - Não aprenderam ainda o que é a coleta seletiva.
RATO: - Coleta seletiva?
LIXEIRA PÁSTICO: - É que há vários tipos de lixo: entre eles os recicláveis e os não recicláveis.
LIXEIRA VIDRO: - Pra isso é preciso separar o lixo.
LIXEIRA PAPEL: - Se não separar, mistura tudo e aquele que poderia ser reciclado será inutilizado.
LIXEIRA METAL: - As pessoas precisam deixar de jogar o lixo por todo lugar.
LIXEIRA ORGANICO: - É preciso aprender que lugar de lixo é no lixo!
RATO: - Pois é... Quando jogam o lixo nas ruas, esses lixos vão parar nas bocas de lobo e causam as constantes enchentes.
LIXEIRA PÁSTICO: - Pior que isso é saber que tem gente que joga até colchão e sofá velho nos córregos. Ai meu amigo a coisa fica feia, pois quando vem a enxurrada chegam a perda de seus bens. e até há caso de morte podem morrer em decorrência de
LIXEIRA VIDRO: - E até há casos de mortes causadas pelas enchentes que trazem para a população muitas doenças.
RATO: - E isso poderia ser evitado!
LIXEIRA PAPEL: - Através da reeducação. O lixo tem a sua classificação e é identificado quando é praticada a coleta seletiva.
RATO: - E como é feita essa coleta?
LIXEIRA METAL: - Separando o lixo. O primeiro passo é separar o lixo seco do lixo molhado.
RATO: - como assim?
LIXEIRA ORGANICO: - É considerado lixo molhado o lixo orgânico que são os restos de comida, vegetais e frutas que serve pra fazer adubo e que duram até 500 anos.
LIXEIRA PÁSTICO: - Já o lixo seco são aqueles que podemos reciclar, retornam para a população como novos objetos.
LIXEIRA VIDRO: - É muito fácil reconhecer os recicláveis são: papel, papelão, garrafa pet, vidro, plástico, lata de refrigerante, embalagem de xampu, são tantos...
RATO: - Então é só colocar tudo isso num saco de lixo e pronto!
LIXEIRA PAPEL: - Muita calma nesta hora! Como dar pra perceber, nós existimos. Estamos bem aqui! A espera dos recicláveis.
LIXEIRA ORGANICO: - Por isso estamos divididos por cores e com esse símbolo que significa reciclável.
LIXEIRA METAL: - E cada cor representa um tipo de reciclável.
RATO: - Agora confundiu tudo!
LIXEIRA PAPEL: - Calma! Eu a lixeira azul, sou própria para receber o papel, ou seja, podem colocar aqui: envelopes, revistas, papelão, as várias embalagens feitas a partir do papel assim como as caixas de longa vida. A reciclagem do papel considerada a mais limpa, pois não polui o ar, os rios e sem contar que milhares de arvores deixarão de ser cortadas.
RATO: - Então pode colocar ai o papel higiênico?
LIXEIRA PAPEL: - Não, Pelo amor de Deus! Se fizerem isso vão contaminar tudo aquilo que daria para reciclar.
LIXEIRA ORGANICO: - O papel higiênico não dar pra ser reciclado. Também há outros materiais que não podem ser colocados em nenhum de nós.
RATO: - E quais são estes?
LIXEIRA METAL: - São as lâmpadas florescentes, as pilhas, espelhos, cristal e a baterias de celulares.
LIXEIRA PÁSTICO: - Já em mim as pessoas podem depositar o plástico e seus derivados tais como: copos descartáveis, sacolas de supermercados, garrafas pet, embalagens de xampu, desodorantes, cremes, iogurte, margarinas e muitos outros.
LIXEIRA VIDRO: - Eu recebo o vidro. Aqui você pode depositar garrafas, copos, pratos e principalmente cacos de vidro estes serão transformados em novos objetos. Um bom exemplo e a transformação de cacos de vidros em espelhos.
LIXEIRA METAL: - Já em mim, pode depositar tudo que é de metal, ou seja: as latinhas de cerveja, refrigerante e sucos, o cobre, o aço, o parafuso, o zinco, o casco de geladeira entre outras coisas.
LIXEIRA ORGANICO: - Agora é minha vez!
TODOS: - Hum!
LIXEIRA ORGANICO: - Que foi?
TODOS: - É que você é fedido!
LIXEIRA ORGANICO: - Quem de nós não fede que atire o primeiro lixo!
RATO: - Pelo que vejo cada um de vocês tem a sua importância.
LIXEIRA ORGANICO: - É isso mesmo. Já em mim poderá ser depositado os restos de comida. Se todos fizerem assim estarão contribuindo e muito com a preservação da natureza, pois o lixo meu amigo, é uma grande preocupação mundial.
RATO: - A coisa é mesmo séria.
LIXEIRA ORGANICO: - Se é!
RATO: - Mas será que as pessoas vão aprender?
LIXEIRA PAPEL: - Não é só aprender. Tem que praticar. A reciclagem é um ato de cidadania.
RATO: - Espera ai... Então essa coisa de reciclagem deve dar dinheiro.
LIXEIRA VIDRO: - Muitas pessoas, principalmente desempregadas sobrevivem de catarem os materiais recicláveis. Elas catam, separam e depois vendem.
LIXEIRA PÁSTICO: - Se cada um fizer a sua parte teremos um mundo melhor e evitaremos muitas doenças.
RATO: - Meus amigos... Hoje aprendi muito.
LIXEIRA METAL: - Então vamos vê se realmente você aprendeu. Tá vendo aquele saco ali?
RATO: - Tô.
LIXEIRA ORGANICO: - É tudo material reciclado. Que tal separar.
RATO: - Xiiiii! Sei não...
LIXEIRA PAPEL: - Pode pedir ajuda da platéia. Tenho certeza que todos aprenderam e vão te ajudar.
RATO: - Vocês me ajudam? (Espera resposta) Então vamos lá.
(Pega o lixo e com a ajuda da platéia deposita nas lixeiras)
RATO: - Muito bem! Isso que é consciência. Então não esqueçam reciclar é preciso.
LIXEIRA VIDRO: - Passe essa idéia adiante.
LIXEIRA METAL: - Seja amigo do planeta.
LIXEIRA PAPEL: - Pratique a coleta seletiva.
LIXEIRA PÁSTICO: - Para mudar o mundo temos que começar com as mudanças de nossos hábitos.
TODOS: - Lugar de lixo é no lixo!

F I M

Marcondys França
22/10/2009.

14 comentários:

  1. lugar de lixo e na lixeira

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Irei utilizar na minha escola.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. valeu pela a ideia...!!!!!!!!

      Excluir
  3. Olá Marcondys!

    Adorei o seu blog. Parabéns!!!

    Tudo de bom!

    :D

    Roseli

    ResponderExcluir
  4. Legal! Posso utilizar para um trabalho da escola? Aguardo retorno. Obrigada :)

    ResponderExcluir
  5. adoro essa peça, um must da educação ambiental!

    ResponderExcluir
  6. Adorei a peça. Posso usá-la?

    ResponderExcluir
  7. Adorei a peça. Posso usá-la?

    ResponderExcluir
  8. Irei usala para um trabalho de escola! Vlw Mardondys!

    ResponderExcluir

Obrigado! Sua opinião é muito importante.